Assista à cena de “Fences” que pode garantir o Oscar de Viola Davis!

Parece que 2017 teremos mais um ano de boas produções em lançamento. Muitos filmes já estão na lista dos nossos favoritos e mais aguardados, mas a gente tá de olho mesmo é no Oscar.

E a premiação do próximo ano será cheia de disputas acirradas. Dito isso, temos um possível candidato que merece destaque e que, com certeza, alguns de vocês vão compartilhar dessa ideia.

Viola Davis. Sim, a atriz que muitos já apostam suas fichas também é uma das nossas. 2017 será um grande ano para a atriz, afinal, além de ser a primeira celebridade do ano a ganhar sua estrela na Calçada da Fama em Hollywood, ela pode ganhar o seu primeiro e desejado Oscar!

O nome é “Fences”, um drama adaptado da peça teatral de mesmo nome, criada por August Wilson e que, ao lado de Denzel Washington (que também dirige), Viola brilha ao ponto de finalmente alcançar sua própria estatueta dourada.

A estratégia de Viola de concorrer na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante se encaixa perfeitamente com o papel do longa, em que ela faz Rose Maxson, esposa do protagonista interpretado por Denzel.

Como eu sei que muita gente não tem certeza de que ela pode enfim por suas mãos na estátua, lá em fevereiro, apenas assista essa cena do filme, divulgada pela Paramount Pictures.

É o momento em que o filme esquenta, a parte decisiva, mas também emocionante, quando a personagem de Viola, Rose, percebe que não pode mais aguentar o tratamento do marido.

É cativante como ela chora pelos anos desperdiçados sendo uma esposa obediente, afundando profundamente na emoção da cena e se expressando de uma maneira tão forte que sua voz fica rouca.

Pra quem não conhece, a história do filme traz Troy Maxson, um homem forte e muito severo. Ele teve que ser para sobreviver. Troy enfrentou a vida em uma América onde ser orgulhoso e negro é enfrentar pressões que poderiam esmagar um homem, um corpo e uma alma.

Mas a década de 50 está cedendo ao novo espírito de libertação na década de 1960, um espírito que está mudando o mundo que Troy aprendeu a lidar de uma única forma, um espírito que está fazendo dele um estranho, com raiva e medo, em um mundo que ele nunca conheceu e com uma esposa e filho que ele compreende cada vez menos.

Se ainda assim você não está convencido, compare com a atuação da atriz na Broadway, em 2010, quando a fez o mesmo papel, na peça teatral original. A emoção dela é de arrepiar qualquer um.

Essa atuação rendeu à Viola o maior prêmio dos teatros, o Tony Award, na categoria de Melhor Atriz Principal. Tá bom pra vocês?

Comente usando o Facebook!