George R.R. Martin sobre “Game of Thrones”: É no inverno que as coisas morrem!

George R.R. Martin sobre “Game of Thrones”: É no inverno que as coisas morrem!

George R.R. Martin, o criador do sucesso “Game of Thrones”, voltou a falar sobre a sua obra, que ainda está sendo criada e pode estar caminhando para o fim.

Muito pouco se sabe sobre o sexto livro da saga, o “Winds of Winter” (ou Ventos de Inverno, tradução livre), e foi justamente disso que Martin falou em um jogo de perguntas e respostas com seus fãs. Como de costume, ele atiçou todo mundo, dessa vez quando falou que “é no inverno que as coisas morrem”.

Se só isso já serviu pra deixar nosso coração acelerado aqui, não sabemos se queremos saber do resto.

O bate papo aconteceu durante uma Feira Internacional de Livros em Guadalajara, onde o autor falou dos seus projetos.

“Existem muitos capítulos sombrios no livro que estou escrevendo. Ele é chamado ‘Winds of Winter’ por um motivo e eu venho avisando vocês há 20 anos de que o inverno está chegando. É no inverno que as coisas morrem e o frio, o gelo e a escuridão tomam conta do mundo, então já sabemos que não será algo tão bom quanto as pessoas estão sonhando.

Alguns dos personagens estão em lugares muito mais sombrios. Em qualquer história, a estrutura mais comum é ‘As coisas pioram antes de melhorarem’, então as coisas estão piorando para muitas pessoas.”

Aproveitando que Martin estava de bom humor, os presentes resolveram perguntar sobre a sétima e possível última obra de “Game of Thrones”, “A Dream of Spring” (ou Um Sonho de Primavera, tradução livre).

O autor respondeu logo de cara que não é muito fã de finais felizes, o que claro, não é um bom sinal pra nós:

“Eu não vou falar pra vocês que eu estou chegando no meu último livro, mas eu suspeito que o seu sabor vai caminhar entre um agridoce amargo e feliz”

Antes de encerrar as perguntas, Martin brincou com o inesperado sucesso e reconhecimento da saga, que ultrapassou qualquer expectativa que ele tinha criado.

“As vezes eu olho pra trás e penso ‘Nossa, eu tinha mesmo de criar 7 Reinos?’ Os 5 Reinos de Westeros já seriam o suficiente não é? Mas chegamos mais longe do que eu imaginei lá atrás.”

Confira toda a conversa abaixo:

Comente usando o Facebook!